quarta-feira, 18 de julho de 2012

Mas o que saber do amor se não se atirar neste abismo indefinido? Mesmo que te leve a queda, valerá a sensação de liberdade,
O prazer do vento batendo no rosto,
A ilusão de que se pode voar.


Clayton Souza

sexta-feira, 13 de julho de 2012

"Quando as aves falam com as pedras e as rãs com as águas - é de poesia que estão falando."

Manoel de Barros